Postado em 28 de Setembro às 14h55

Log-In leva a navegação de cabotagem para a Logistique 2018

A empresa planeja, gerencia e opera soluções para a movimentação de cargas por meio da navegação de cabotagem, complementada por ponta rodoviária

A Log-In Logística Intermodal S/A, um dos maiores operadores de logística intermodal do Brasil, participa da edição 2018 da Logistique, de 23 a 25 de outubro, em Joinville, Santa Catarina. No evento, a empresa busca mostrar ao mercado como os seus serviços de navegação de cabotagem podem levar aos clientes soluções rentáveis e personalizadas, que agreguem mais segurança e sustentabilidade, possibilidade de redução dos custos logísticos, simplicidade e integridade das cargas.

Segundo a empresa, Santa Catarina é um mercado de grande interesse da Log-In, uma vez que nos últimos anos o Estado vem demonstrando um papel fundamental para o crescimento da cabotagem no País e para a conexão Brasil e Mercosul. "Estar na Logistique mostra a importância que este mercado tem para a Log-In", informou a Log-In em nota. A empresa é controlada pela Alaska Investimentos Ltda (50,01%), tendo ainda como acionistas a Perea Capital (5,31%), Tesouraria (3,28%), além de outros sócios que respondem por 41,39% do capital da Log-In.

A empresa planeja, gerencia e opera soluções para a movimentação de cargas por meio da navegação de cabotagem com frota de seis navios full container - sendo quatro próprios e dois afretados - com capacidade estática total de 13,3 mil TEUs (Twenty-foot Equivalent Unit - unidade internacional equivalente a um container de 20 pés), complementada por ponta rodoviária. Disponibiliza à sua carteira de clientes serviços de transporte marítimo compreendendo portos localizados na costa brasileira e no Mercosul, integrados com o serviço contratado para transporte rodoviário de curta distância.

A Log-In opera com uma rede integrada que facilita a movimentação portuária e o transporte porta a porta, graças a uma extensa malha intermodal que permite abrangência geográfica com todo o Brasil e o Mercosul, além de disponibilizar terminais para armazenagem das cargas. Conta com escritórios em Buenos Aires, Fortaleza, Itajaí, Manaus, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, São Paulo, Salvador e Vitória. Além da navegação costeira, administra e opera um terminal portuário de contêineres, o Terminal de Vila Velha (TVV), em Espírito Santo, e terminais terrestres intermodais integrados aos serviços da navegação costeira.

Crescimento

De janeiro a junho deste ano a Log-In transportou 164,7 mil TEUS, nos serviços Atlântico Sul (escalando nos portos de Buenos Aires, Rio Grande, Itajaí, Santos, Suape, Fortaleza, Salvador e Santos), Amazonas (portos de Santos, Paranaguá, Itajaí, Itaguaí, Suape, Pecém e Manaus), Shuttle Rio (Santos, Rio e Vitória) e Manaus (escalas em Santos, Suape, Pecém e Manaus). No comparativo entre o primeiro semestre de 2018 e o igual período do ano passado, houve um aumento de 14,1% no volume transportado. Já a movimentação global de contêineres em 2017 somou 322,5 mil TEUS e entre 2016 e 2017 a empresa registrou um crescimento de 3,9% no volume transportado.

O avanço nos volumes operados na cabotagem, informa a empresa, têm estreita relação com a atividade econômica interna. Nesse contexto, em um cenário de produção industrial mais aquecida, existe uma tendência natural de aumentar a demanda para a Cabotagem. A Log-In ainda aposta em uma grande margem para o crescimento da navegação costeira, vide a atual distribuição da matriz de transporte brasileira.

Investimentos

A Log-In vem observando um aumento do interesse de empresas para o uso de cabotagem e a abertura para experimentar novas formas de transporte de carga. Isso vem estimulando a empresa a investir pesado na sua frota. Exemplo disso é a construção do novo navio porta-contêiner, Log-In Polaris, em janeiro deste ano. A embarcação, com capacidade de 2,7 mil TEUs, está sendo fabricada pelo estaleiro chinês Guangzhou Wenchong Shipyard, na província de Wenchong, com investimento de aproximadamente US$ 28,5 milhões. A entrega deve ocorrer em abril de 2019.

O evento

Segunda maior feira de logística do Brasil, a Logistique une toda a cadeia de Logística, Transporte Multimodal, Comércio Exterior e Intralogística em Joinville, Norte de Santa Catarina. Com um novo conceito, integrando a multimodalidade, a edição de 2018 promete reunir empresas com soluções para um público qualificado e especializado, proveniente das grandes indústrias da região e disponibilizar múltiplas soluções em um só local. O evento é organizado pela Zoom Feiras e Eventos, uma empresa com mais de 10 anos de tradição no mercado catarinense.

A cidade de Joinville, por sua vez, está estrategicamente localizada no corredor logístico de produção do Mercosul, cercada por rodovias, ferrovias, portos e aeroportos. A região Norte, na qual o município está inserido, é responsável por 22% do Produto Interno Bruto (PIB) catarinense, 23% do Valor Adicionado Fiscal do Estado e pela geração de 19% dos empregos de SC. Responde por 32%das exportações e 26% das importações catarinenses.

Veja também

[FETRANCESC] JOINVILLE RECEBE EVENTO DE LOGÍSTICA EM OUTUBRO15/08 Uma cidade posicionada em um corredor estratégico, cercada por importantes rodovias, portos e aeroportos e ainda responsável por cerca de 20% das exportações catarinenses. Estes são alguns dos fatores que fizeram com que Joinville, a maior cidade do Estado, fosse escolhida como a nova sede da Logistique - Feira de Logística e Negócios Multimodal. O evento foi......
Potencial logístico do Norte de SC consolida a Logistique 201825/10 Joinville está próximo dos portos catarinenses, que movimentaram uma corrente de comércio de mais de 12,5 bilhões entre janeiro e setembro deste ano e que juntos, ocupam a 12ª posição no ranking nacional dos......

Voltar para Notícias